Adriano Machado/Reuters - 21/3/2022
Adriano Machado/Reuters - 21/3/2022

Bolsonaro confessa que Wal do Açaí nunca esteve em Brasília: ‘Tomou posse por procuração’

Na terça-feira, o Ministério Público Federal entrou com ação de improbidade administrativa contra o presidente por manutenção de funcionário fantasma

Eduardo Gayer, O Estado de S.Paulo

24 de março de 2022 | 22h07

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou nesta quinta-feira, 24, que a ex-secretária parlamentar Walderice Santos da Conceição, conhecida como Wal do Açaí, nunca esteve em Brasília, apesar de ter sido registrada como funcionária de seu gabinete na Câmara dos Deputados.

"Não precisa interrogar a Wal não, e nem a mim. Eu estou confessando: ela nunca esteve em Brasília. Ela tomou posse por procuração", disse Bolsonaro durante transmissão ao vivo pelas redes sociais. “Eu fiz isso a vida toda. E a Wal ganhava o equivalente a R$ 1.500 por mês, já somado o auxílio- alimentação", completou o presidente. 

Na terça-feira, o Ministério Público Federal entrou com ação de improbidade administrativa contra Bolsonaro por manutenção de funcionário fantasma. Wal ficou por mais de 15 anos lotada no gabinete do então deputado federal Jair Bolsonaro sem nunca ter pisado em Brasília. Os procuradores que assinam a ação alegam que a conduta de Bolsonaro foi “absolutamente imoral e manifestamente ilícita” e pedem ressarcimento aos cofres públicos. 

Bolsonaro não demonstrou, porém, qualquer arrependimento com a contratação e nem viu irregularidade no caso. Ao contrário: disse que a prática é comum em Brasília. “Abre, então, processo em cima de toda a Câmara e todo o Senado”, afirmou  o presidente, dirigindo-se ao Ministério Público. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.