Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

'Bolsonaro acabou': Haitiano confronta presidente em frente ao Alvorada e viraliza nas redes sociais

Presidente respondeu: 'Volta para o seu país, cara'; encontro entre os dois foi o mais comentado da manhã desta terça, 17, no Twitter

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de março de 2020 | 10h19

Um vídeo gravado na noite desta segunda-feira, 16, em frente ao Palácio da Alvorada, viralizou nas redes sociais após um haitiano confrontar o presidente da República, Jair Bolsonaro. Em meio a apoiadores do presidente, o homem afirmou que "Bolsonaro acabou" e que deveria desistir da Presidência.

O encontro entre os dois aconteceu na noite da segunda-feira, quando o presidente parou para atender apoiadores ao chegar ao Alvorada. Ao questionar se alguém tinha alguma pergunta a fazer, o homem tomou a frente e começou a falar com Bolsonaro.

- Você não recebe as mensagens que seus filhos mandam para você? - disse, em um sotaque carregado.

- Qual a sua nacionalidade? - perguntou o presidente.

- Eu venho do Haiti, mas eu sou brasileiro.

Bolsonaro se desculpa e tenta interromper o homem, dizendo que não está entendendo o que ele fala. No entanto, é replicado pelo haitiano: "Você está entendendo bem. Você está entendendo, eu tô falando brasileiro". Após o presidente reafirmar que não estava entendendo, ele volta a falar.

"Bolsonaro acabou. Você está recebendo mensagem no celular. Todo brasileiro está recebendo mensagem no celular. Você está recendo mensagem que seus filhos estão mandando pra você. Você não é presidente mais. Você não é presidente mais. Você precisa desistir".

Antes de concluir, Bolsonaro fala algo e se retira para atender outras pessoas. Apenas quando o homem disse que Bolsonaro precisava desistir é que apoiadores do presidente começaram a se manifestar. No vídeo é possível ouvir uma mulher gritar: "O que é isso!".

O presidente continuou a atender outras pessoas, posando para selfies e ouvindo outros depoimentos. Antes de entrar no carro, no entanto, Bolsonaro volta a dirigir a palavra ao haitiano: "Volta para o seu país, cara. Volta para esse antro...".

Vários trechos do vídeo foram compartilhadas na rede, alguns deles legendados, como o do deputado Paulo Pimenta (PT-RS). Nessa versão, a legenda aponta que o  haitiano estaria falando sobre o coronavírus antes de ser ignorado pelo presidente, mas esta parte não está audível.

Apesar da identidade do homem não ter sido revelada ao público, o vídeo viralizou nas redes sociais. No Twitter, as hashtags #Bolsonaroacabou e #VocêNaoÉPresidenteMais eram os assuntos mais comentados da rede na manhã desta terça-feira. Sem conhecer a identidade do homem, internautas começaram a sugerir que se tratava de Toussaint Louverture, líder da revolução haitiana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.