Bloqueio de verbas do Orçamento será decidido sexta-feira

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, informou hoje que o governo decidirá, até sexta-feira, se será necessário ou não contingenciar as despesas do Orçamento de 2004. O governo havia previsto investimentos de R$ 7,8 bilhões, mas o Congresso elevou a conta para R$ 12 bilhões. "Não está definido se haverá contingenciamento, mas acho que não será necessário", afirmou. "A tendência é fazer o menor ajuste possível."Segundo Mantega, a reforma tributária aprovada no ano passado trará efeitos sobre a arrecadação federal que ainda não são totalmente conhecidos. Daí a dificuldade em se prever quanto haverá de receitas neste ano e se será possível acomodar despesas adicionais. "Tem alguma indefinição na arrecadação. Eu acho que a Cofins e o PIS vão subir, não por aumento de carga tributária mas por ganho de eficiência", disse. "São dúvidas que serão resolvidas ao longo do ano, pois a prova do pudim se faz ao comê-lo."O ministro indicou que o corte nas despesas não precisa ser decidido agora. "Podemos programar um fluxo de gasto mais rápido ou menos rápido, eu posso postergar os R$ 4 bilhões para o futuro", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.