Bloco pede Costa, Pimentel e Patrus em chapa de MG

O bloco de oposição PT, PMDB e PC do B, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, divulgou hoje uma nota conjunta na qual manifesta o desejo de que a chapa majoritária da aliança visando a disputa pelo governo do Estado seja composta pelo peemedebista Hélio Costa e pelos petistas Fernando Pimentel e Patrus Ananias. "A experiência e competência destas lideranças nos unirá, fortalecerá e pavimentará o caminho para a vitória nas eleições deste ano", diz a nota.

EDUARDO KATTAH, Agência Estado

12 Maio 2010 | 17h53

As cúpulas nacionais do PT e do PMDB já fecharam um acordo para que a presidenciável petista, Dilma Rousseff, conte com palanque único no Estado. A composição da chapa, no entanto, será anunciada somente em 6 de junho. Costa disputa a indicação como candidato ao governo com Pimentel.

O ex-prefeito de Belo Horizonte venceu Patrus na prévia realizada pelo PT para a indicação do nome do partido que disputará a cabeça de chapa. O pré-candidato do PMDB lidera as pesquisas de intenção de voto e é considerado o provável candidato. Nesse caso, caberia ao PT a indicação do vice e do candidato ao Senado.

Os deputados estaduais explicitaram hoje uma movimentação para que o ex-ministro do Desenvolvimento Social - que submergiu após a derrota na consulta interna - não fique de fora da chapa. A bancada estadual petista é majoritariamente ligada a Patrus.

Mais conteúdo sobre:
eleições candidatos Minas Gerais aliança

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.