Blairo Maggi deixa governo do Mato Grosso para concorrer ao Senado

Nesta quarta-feira, o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos protocola o pedido de renúncia na Câmara Municipal de Vereadores

Fátima Lessa, da Agência Estado

30 de março de 2010 | 14h57

O governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR) transmite o cargo nesta quarta-feira, 31, ao seu vice, Silval Barbosa (PMDB). A cerimônia acontece na Assembleia Legislativa, às 9 horas. Maggi sai para disputar uma vaga no Senado. Após a cerimônia na Assembleia, os dois seguem para o Centro de Eventos do Pantanal onde, às 10h30, Silval recebe a faixa de governador. Já no exercício do cargo, ele discursa e empossa os novos secretários. A posse será transmitida pela TV Assembleia e também em cadeia de rádio.

 

Também nesta quarta-feira, o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB) protocola o pedido de renúncia na Câmara Municipal de Vereadores. Por causa de atraso em algumas obras, o prefeito havia anunciado sua saída para depois da Semana Santa, mas por orientação jurídica decidiu, nesta terça-feira, antecipar para o dia 31. Logo após a entrega do pedido, o tucano deixa de ser prefeito e automaticamente, o vice-prefeito, Chico Galindo (PTB) assume. A entrega da faixa e posse do vice no cargo de prefeito deve acontecer em sessão matutina, na Câmara Municipal, da quinta-feira, 1. O tucano disputará o governo do Estado.

Mais conteúdo sobre:
Blairo MaggiMato Grosso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.