Bispo Rodrigues se entregará quando for o caso

Ex-deputado do PL, atual PR, Bispo Rodrigues, "se entregará à autoridade competente quando for o caso", afirmou hoje Marcelo Bessa, advogado do ex-parlamentar. Condenado a sete anos e 10 meses no julgamento do mensalão pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha, Bispo Rodrigues chegou a ter seu nome citado na lista dos 12 mandados de prisão expedidos hoje, mas foi retirado em seguida.

FABIO GRELLET E FELIPE WERNECK, Agência Estado

15 de novembro de 2013 | 21h05

"Foi um erro", disse o advogado. O único condenado do Rio de Janeiro a ter a prisão decretada hoje foi o ex-diretor do Banco do Brasil, Henrique Pizzolatto, que ainda não apareceu. Em frente ao prédio onde mora, em Copacabana, as informações são desencontradas sobre sua presença ou não na residência. Há pouco, dois carros deixaram a superintendência da Polícia Federal, no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
MENSALÃOPRISÕES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.