Bird diz que Lula faz "revolução pacífica"

O presidente do Banco Mundial, James Wolfensohn, afirmou hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva "está fazendo o esforço mais importante do mundo para conseguir a igualdade social." Na coletiva de imprensa que abriu a reunião do FMI em Washington, Wolfensohn classificou as ações do presidente brasileiro como "revolução pacífica".O presidente do Bird disse que Lula "está conseguindo unir todos os segmentos do País em torno de um novo objetivo, o de colocar comida à mesa", segundo as agência internacionais. Questionado sobre a falta de resultados dos esforços de Lula até agora, o ele ressaltou que o os objetivos do presidente não são alcançáveis em apenas um ano e três meses. "O que temos de ver é a consistência do que está sendo feito", afirmou. "Eu acredito que as equipes econômica e social do governo estão dando todos os passos corretos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.