Beto Albuquerque viaja para Recife nas próximas horas

O deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS) se prepara para seguir para Recife nas próximas horas. Ele irá em um voo fretado pelo partido acompanhado do presidente nacional da legenda, Roberto Amaral, do primeiro-secretário e até então coordenador da campanha presidencial, Carlos Siqueira, do líder do PSB no Senado, Rodrigo Rollemberg, da candidata ao governo da Bahia, Lídice da Mata, e outras lideranças do partido.

ANA FERNANDES, Estadão Conteúdo

16 de agosto de 2014 | 11h45

"Vamos para ficar um pouco com a família lá. Ainda não demos um abraço na Renata e nos filhos", disse Beto. Ao longo da tarde sairão outros voos levando as demais lideranças do PSB para a capital pernambucana, além do Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB), que levará os restos mortais de Eduardo Campos e de outras vítimas do acidente.

Beto, que é um dos principais cotados para vice de Marina Silva na nova chapa presidencial a ser composta pelo PSB, preferiu não falar sobre política. Ele reforçou que, ontem, na reunião de lideranças que terminou de madrugada em São Paulo, não se falou sobre a composição da nova chapa. Mais cedo, na tarde de ontem, o deputado havia admitido apenas que estava à disposição para ajudar o partido. "Não tenho dificuldades em cumprir tarefas para defender o legado de Eduardo", disse então.

O PSB e o grupo da Rede Sustentabilidade de Marina Silva se deslocam em comitivas separadas para Recife. Na manhã de hoje, Marina seguiu para a capital pernambucana acompanhada de seus amigos mais próximos envolvidos no projeto de partido. Entre eles, estavam os porta-vozes nacionais da Rede, Walter Feldman e Gabriela Barbosa, e os coordenadores de campanha Bazileu Margarido e Pedro Ivo.

Mais conteúdo sobre:
eleições 2014Beto Albuquerque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.