Berzoini larga na frente na eleição interna do PT

O presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), largou na frente no segundo turno da disputa com o deputado Jilmar Tatto (SP) para definir quem dirigirá o partido nos próximos dois anos. Na apuração parcial divulgada às 23 horas de ontem, Berzoini registrava 62 mil votos, o que equivale a 61,8% dos 100.316 votos válidos apurados até então. Tatto somava 38.316 votos, ou 38,2%. Os votos em branco e nulos eram 5.936. Às 23 horas, o PT já havia apurado 106.252 votos, ou quase 48,2% da presença estimada para a eleição. O nome do novo presidente do PT vai ser anunciado ainda hoje.Diferentemente do primeiro turno, no dia 2, quando 326 mil filiados foram às urnas, a previsão é de que o número de votantes fique na faixa de 220 mil. A queda reflete principalmente o fato de não haver segundo turno para direções locais em vários Estados, entre eles os quatro maiores colégios eleitorais do PT: São Paulo, Rio, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.Apesar de dizer que preferia manter a cautela até a apuração terminar, Berzoini mostrava confiança na vitória. Por telefone, por volta das 22 horas, ele afirmou que os primeiros números confirmavam suas expectativas: ?É claro que prefiro ser cuidadoso, mas o quadro é muito positivo, confirmando o que esperávamos.? O deputado votou de manhã em Brasília, na companhia do presidente Lula e de sua mulher, Marisa Letícia.Tatto, por sua vez, insistiu em que era cedo para fazer avaliações. ?Ainda precisamos aguardar, mas continuo confiante na vitória?, afirmou. Ele também votou de manhã, mas em São Paulo, no Colégio Vinícius de Moraes, na zona sul. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.