Berzoini é reeleito presidente do PT

O deputado Ricardo Berzoini (SP) venceu o segundo turno da eleição interna realizado ontem pelo PT e permanecerá por mais dois anos na presidência do partido. De acordo com a última apuração parcial divulgada pela legenda, Berzoini contabilizava, no início da tarde de hoje, 69.869 votos, o que equivale a 62,29% dos 118.499 votos apurados até então.O também deputado Jilmar Tatto (SP), que disputou a segunda etapa de votação com Berzoini, tinha 42.292 votos, ou 37,71%. Brancos totalizaram 4.404 e nulos 1.934. Segundo informações da assessoria de imprensa do PT, Tatto telefonou para Berzoini após a divulgação dos últimos resultados para cumprimentá-lo pela vitória. O anúncio da vitória de Berzoini foi feito com base na nova estimativa de quórum apresentada pelo partido, de apenas 150 mil eleitores. Ontem à noite, a sigla acreditava que o número poderia se aproximar da faixa de 220 mil. Ainda assim, a presença é semelhante à registrada no segundo turno da última eleição interna, em 2005. No primeiro turno da eleição petista, realizado no dia 2, 326 mil petistas foram às urnas.Candidato pela chapa Construindo um Novo Brasil, Berzoini representa o grupo que ficou conhecido no PT como o antigo Campo Majoritário. A corrente deu as cartas no partido nos últimos anos e tem entre seus principais expoentes o ex-ministro da Casa Civil e réu no processo do mensalão, José Dirceu, além do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Jilmar Tatto concorreu na eleição pela chapa Partido é para Lutar, que reuniu em um mesmo grupo as correntes PT de Luta e de Massa, Novo Rumo para o PT e Movimento PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.