Berzoini diz que reduzirá custo da contribuição do autônomo

O ministro da Previdência, Ricardo Berzoini, anunciou uma série de medidas sobre o regime geral da Previdência Social, do qual são segurados os trabalhadores da iniciativa privada. Berzoini disse que seu ministério está tomando providências para reduzir o custo da filiação e da contribuição do trabalhador autônomo para o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). O anúncio do feito na comissão especial da Câmara que debate a emenda da reforma da Previdência, durante exposição sobre as propostas de mudanças constitucionais no regime do servidores públicos. Segundo o ministro, existem 8 milhões de autônomos, fora o regime geral. Ele disse que seu ministério vai também promover concursos públicos para ampliar seu quadro de fiscais. Com isso, pretende intensificar a fiscalização e reduzir o número de trabalhadores sem carteira profissional, que hoje é de 7 milhões. Berzoini informou que o ministério está elaborando um programa de integração com setores associativos para estimular o registro de empregados. Fez, porém, a ressalva de que, apesar das medidas para ampliar a cobertura previdenciária da população, o principal estímulo é a aceleração da economia, que proporciona a criação de empregos formais e a conseqüente contratação de trabalhadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.