Berzoini diz que não pretende disputar presidência do PT

O presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Ricardo Berzoini, afirmou que não pretende ser candidato novamente à presidência do partido, cujas eleições foram antecipadas para dezembro deste ano.Conforme Berzoini, a disposição neste momento é cuidar do seu mandato como deputado federal. "Não fecho totalmente a porta, mas acredito que o mais correto é fazer alternância na presidência neste momento", afirmou o dirigente, evitando comentar nomes potenciais à disputa, "para que ninguém se sinta excluído".Berzoini afirmou, ainda, que sua corrente política está trabalhando com a idéia de lançar uma candidatura própria ao cargo de presidente do PT e que ele, por sua vez, trabalha com a perspectiva de construir uma candidatura que represente, se possível, mas de uma das diversas forças políticas que constituem o partido.Marcadas anteriormente para 2008, as eleições internas da legenda foram antecipadas para os dias 2 e 9 de dezembro (em primeiro e segundo turnos), conforme a aprovação de hoje no 3º Congresso Nacional do partido, realizado em São Paulo. O plenário também aprovou a ampliação dos mandatos dos dirigentes de três anos para quatro anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.