Berzoini diz que 1 milhão de empregos foram criados até junho

O ministro do trabalho, Ricardo Berzoini, que acompanha o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que a perspectiva é a de que tenham sido criados no País 1 milhão de empregos formais do início do ano até o final do mês de junho. Segundo o ministro, esse número será anunciado na próxima segunda-feira. De janeiro amaio, segundo Berzoini, foram criados 830.000 empregos com carteira assinada. Berzoini disse que, além do aumento do empregoformal, a taxa de desemprego deve cair, e o mercado ficará cada vez mais forte e ativo. Na linha de raciocínio do ministro AntonioPalocci (Fazenda), Berzoini afirmou que o Brasil e o governo têm consciência de que a melhor política de criação de empregos é a"conjugação de um governo que tem sensibilidade e cumpre seus compromissos e um setor privado que investe confiante em queas regras do jogo são claras". "Nós teremos condições de ter um mercado interno que cresça através docrescimento da massa salarial e do rendimento da população." Ao lado de Lula em visita à fábrica da Samsung, Berzoini disse queo governo tem "a mais absolouta convicção" de que, conjugando o público com uma boa política econômica e, principalmente, umarelação com o setor pri vado, o País alcançará bons índices de emprego e renda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.