Berzoini anuncia que PT ajudará governo a divulgar o PAC

O Partido dos Trabalhadores quer ajudar o governo na divulgação junto à população do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A informação foi dada nesta terça-feira pelo presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini, ao sair da reunião da comissão política do partido com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto.Segundo Berzoini, é preciso divulgar nas bases eleitorais as benfeitorias do PAC e suas contribuições para o crescimento econômico. Ele disse que o PT se propõe a participar da divulgação do PAC, mobilizar a base do PT e de partidos aliados. Entre os pontos que, na sua opinião, precisam ser esclarecidos, destacou a utilização dos recursos do FGTS em projetos de infra-estrutura e a regra de correção de salários dos funcionários públicos. Também ressaltou que é preciso trabalhar no Congresso para divulgar o PAC.Berzoini afirmou ainda que desde 2004 defende a redução dos juros. Acrescentou que não será uma reunião isolada do Copom, que reduziu a taxa Selic em apenas 0,25 ponto porcentual - quando a expectativa dos políticos era de redução de 0,5 ponto porcentual -, que irá atrapalhar o PAC. O PAC irá investir nos próximos quatro anos R$ 503,9 bilhões infra-estrutura; medidas para estimular crédito e financiamento; melhoria do marco regulatório na área ambiental; desoneração tributária e medidas fiscais de longo prazo.O governo federal criou um Fundo de Investimento em Infra-Estrutura. O fundo terá R$ 5 bilhões do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os recursos serão geridos pela Caixa Econômica Federal e aplicados em projetos do setor privado na área de infra-estrutura. O valor do fundo poderá ser elevado, já que os trabalhadores poderão optar por aplicar até 10% do seu FGTS no fundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.