Bernardo: Violência em SP não ocorre por falta de recursos federais

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou nesta segunda-feira que o problema de segurança pública enfrentado em São Paulo nos últimos dias não pode ser atribuído à falta de recursos do governo federal. Segundo o ministro, é preciso avaliar a questão da gestão da segurança no Estado. "No ano passado, nós tivemos um aumento real das transferências para Estados e municípios de 23%. Então, não sei, a questão da gestão da segurança tem que se discutir lá (em São Paulo), ver as ações que foram tomadas pelo Estado, como é que está isto", disse.Para o ministro, o governo federal está cumprindo com sua obrigação ao oferecer ajuda - numa referência à disponibilização de tropas do Exército e da Força Especial Nacional. "Evidentemente que o Estado precisa querer". Bernardo afirmou que está aberto para discutir com o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, se há necessidade de mais recursos para a segurança pública. Ele deu as declarações na cerimônia de posse do novo presidente do Ipea, Luiz Henrique Proença Soares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.