Bernardo se diz otimista com aprovação de nova CPMF

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, declarou-se hoje otimista com a aprovação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), que substituirá a extinta Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Na sua avaliação, apesar do adiamento da votação da proposta na Câmara, a CSS "tem grande chance" de ser votada e aprovada na terça-feira.Paulo Bernardo reconheceu, porém, que o projeto de criação da CSS é polêmico. "Todos querem resolver o problema da saúde. O problema é como fazer isso", afirmou. Ele revelou ainda haver determinação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que os ministros evitem comentar a criação da CSS, de modo a desvincular a nova contribuição de qualquer iniciativa do Executivo. "Nós temos uma orientação do presidente de não falar. Portanto, eu já estou transgredindo", sublinhou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.