Bernardo e Hage falam hoje sobre cartão corporativo

Os ministros do Planejamento, Paulo Bernardo, e da Controladoria Geral da União (CGU), Jorge Hage, darão entrevista na tarde de hoje para falar do cartão corporativo. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou aos dois ministros a revisão das regras de utilização do cartão corporativo. A decisão foi tomada após denúncias de uso indiscriminado desses cartões por parte de alguns ministros, especialmente a encarregada da pasta da Igualdade Racial, Matilde Ribeiro, que só no ano passado gastou R$ 171,5 mil em viagens pagas com cartão corporativo, incluindo R$ 461 em compras em um free shop.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.