Bernardo: desburocratizar é trabalho de toda sociedade

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, afirmou que, para promover a desburocratização no País, não é necessária a realização de um grande plano, e sim um trabalho "de formiguinha" envolvendo toda a sociedade para "eliminar aquele negócio de criar dificuldades para, depois, facilitar."Segundo o ministro, houve um avanço da burocracia depois da gestão de Hélio Beltrão no Ministério da Desburocratização durante o governo do general João Figueiredo. Bernardo afirmou que a cultura da burocratização está "arraigada" no serviço público e, apesar de todos concordarem em que é necessário deminui-la, na hora de realmente eliminar aspectos burocráticos, há muita resistência no próprio governo. O ministro do Planejamento participou da abertura do seminário "Da Burocracia à Corrupção", promovido pelo Instituto Hélio Beltrão, na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), em Brasília. Ao sair do encontro, Bernardo afirmou que o governo avançou muito em transparência, mas ainda tem muita burocracia. Segundo ele, uma das maiores dificuldades que o governo enfrenta no combate à corrupção é a impunidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.