Bernardo considera trabalho do STF sobre Raposa 'cuidadoso'

Supremo julga nesta quarta-feira o modelo de demarcação contínuo ou não da reserva indígena em Roraima

Leonencio Nossa, de O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2008 | 12h50

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou há pouco que é "cuidadoso" o o trabalho do Supremo Tribunal Federal (STF), que iniciou hoje julgamento de ação contrária a demarcação contínua da reserva indígena Raposa Serra do Sol, situada em Roraima.  Veja também: Acompanhe o julgamento sobre a demarcação da Raposa Serra do Sol  Especial sobre a disputa de terras indígenas   Entenda a sessão e relembre recentes decisões  "O Supremo, pelo que tenho visto, está fazendo um trabalho cuidadoso e, certamente, vai tomar a melhor decisão", afirmou o ministro, ao sair do Palácio do Planalto e se dirigir ao Congresso, onde entregará o projeto de Orçamento Geral da União para 2009. Bernardo, ao comentar a recente decisão em que o STF vedou a prática do nepotismo no serviço público, declarou: "O governo, até onde eu sei, já cumpre (a decisão)."   

Tudo o que sabemos sobre:
Raposa Serra do SolPaulo Bernardo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.