Bernardo: Bolsa Família atingiu limite previsto

O programa Bolsa Família atingiu o número máximo de famílias previsto pelos critérios atuais no programa social, segundo o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. "Não dá pra falar que tudo está resolvido com 13 milhões de famílias dentro do programa, mas se os critérios não mudarem, os números vão se estabilizar nessa faixa", afirmou.

CÉLIA FROUFE E FABIO GRANER, Agência Estado

31 de agosto de 2010 | 17h04

De acordo com o projeto de lei orçamentária para 2011, encaminhado hoje pelo governo ao Congresso, serão aplicados R$ 13,4 bilhões no programa ante R$ 13,110 bilhões a serem investidos este ano. Nos dois casos, o Bolsa Família contempla 12,7 milhões de famílias.

O ministro ressaltou que não há reajuste previsto para o período e que a diferença dos recursos de um ano para o outro deve-se à mudança do perfil dos beneficiados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.