Benedita quer CPI contra Garotinho

A vice-governadora do Estado do Rio, Benedita da Silva (PT), defendeu nesta sexta-feira a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembléia Legislativa para apurar as denúncias de que o governador Anthony Garotinho não teria informado à Receita Federal sobre o aumento do capital social de sua empresa Garotinho Editora Gráfica.Segundo a vice-governador, o PT deve apoiar a iniciativa ou mesmo encaminhá-la. ?Toda vez que o PT quer um esclarecimento é praxe pedir CPI. Não é novidade, embora nem sempre se consiga sucesso na solicitação?, afirmou a vice-governadora.?Cabe aos deputados, com a autoridade de seus mandatos, fazer o encaminhamento para a CPI. Se o partido age assim no Congresso, deve proceder da mesma forma na Assembléia Legislativa.?Benedita voltou nesta sexta de Minas Gerais e participou de um almoço no Sindicato dos Telefônicos, em apoio à reeleição do atual presidente nacional do PT, o deputado José Dirceu, que também estava presente.Ele concordou com a vice-governador e acrescentou que Garotinho se engana quando diz que as bancadas petistas evitam CPIs contra os prefeitos e governadores do partido.?Em São Paulo, a CPI do Lixo começa em agosto, assim que terminar o recesso, a pedido da vereadora Aldaísa Sposati, do PT.No Rio Grande do Sul, também há uma CPI da segurança pública, que investiga o governador Olívio Dutra?, enumerou.?Em todas as cidades governadas pelo PT há CPIs investigando o prefeito e nenhum deles foi condenado até agora?, prosseguiu.?As denúncias contra Garotinho sequer partiram de nossa bancada. O governador elegeu o Lula e o PT como seus inimigos mas deveria ter outras preocupações.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.