Benedita condecora policiais que prenderam Elias Maluco

A governadora Benedita da Silva promoveu por bravura cinco policiais civis que prenderam o traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, principal acusado pelo assassinato do jornalista Tim Lopes.Decreto publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial promoveu ao quadro permanente da corporação o investigador Flávio Miranda Berge e os inspetores João Carlos Pereira Couto, Celso Azoury Telles de Aguiar, André Luiz Silva Coppola e Francisco Chão de La Torre.Outros 767 agentes que participaram da operação foram premiados com cinco pontos de merecimento. O traficante foi preso no dia 19 de setembro, depois de três dias de cerco, na Favela da Grota, parte do complexo do Alemão, em operação batizada como Sufoco.Foram mobilizados policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), da Divisão Anti-Seqüestro (DAS), da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Delegacia de Homicídios e das delegacias de Capturas Norte, Sul, Oeste e Suburbana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.