Belém deve receber 1,8 milhão no Círio de Nazaré

Aproximadamente 1,8 milhão de romeiros, segundo estimativa do Departamento Intersindical de Estatistica e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese), devem participar neste domingo em Belém (PA), do Círio de Nazaré, a maior festa católica do Brasil. Na manhã deste sábado, pequenas romarias que antecedem a grande procissão foram realizadas pelas avenidas de Belém e de Ananindeua, município da região metropolitana.A celebração culminou com um desfile de 700 barcos que conduziram a imagem de Nossa Senhora de Nazaré pela baía de Guajará, saindo de Icoaraci até o cais da capital, onde a santa foi recebida pelo arcebispo D. Vicente Zico. Para a noite está prevista a Trasladação, uma romaria na qual a imagem faz o percurso inverso do Círio, saindo da Basílica de Nazaré até a Catedral da Sé, no centro histórico de Belém.Os hotéis e pousadas da cidade estão lotados há uma semana. A previsão é de que 50 mil turistas irão acompanhar o Círio pelos 4,5 km do trajeto entre a Catedral e a Basílica de Nazaré. Do interior do Pará e de outras regiões da Amazônia, navios, barcos e ônibus lotados de passageiros chegam a todo momento na cidade. As Forças Armadas vão mobilizar cerca de 2 mil homens para garantir a segurança dos romeiros. As Polícias Militar e Civil estarão nas ruas com mais de quatro mil homens. "Vamos novamente fazer uma grande corrente espiritual, orando pela paz no mundo e por maior entendimento entre os homens", anunciou D. Vicente Zico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.