Beira-Mar denuncia envolvidos a secretário

Ao chegar ao Rio de Janeiro, vindo de Bogotá, o secretário estadual de Segurança, coronel Josias Quintal, reafirmou a existência de uma lista com os nomes de políticos, empresários e policiais que estariam envolvidos com o narcotráfico, fornecida por Fernandinho Beira-Mar. Josias disse que o traficante, agora, nega a lista por medo de ser assassinado. O secretário disse ter tido uma longa conversa com o traficante na Colômbia, na presença de outros policiais. "Levarei todos os nomes para o Ministério Público e para os órgãos de inteligência da polícia. Agora, eu acho muito bom que ele seja interrogado devidamente enquanto estiver sob a custódia da Polícia Federal", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.