Bebê morre após receber vacina em Sorocaba

Um bebê de 40 dias morreu nesta quinta-feira, em Sorocaba, uma hora depois de ter sido recebido a vacina contra tuberculose (BCG) e hepatite B, no centro de saúde municipal do Jardim Maria do Carmo. A criança do sexo masculino era saudável e os pais relacionaram a morte com a vacinação. O corpo do bebê foi submetido a necrópsia no Instituto Médico Legal (IML) e o resultado fica pronto em cinco dias. Também foram realizadosexames toxicológicos cujos resultados saem em 15 dias.A mãe do bebê, Graciele Cristina Pedro dos Santos, disse que a criança começou a passar mal no caminho de volta para casa, após ser vacinada. "Ele chorava e se contorcia como se estivesse com dor." Depois começou a perder a cor. A mãe levou-o à Santa Casa, mas a criança chegou desfalecida, com quadro de parada cardio-respiratória. Os médicos tentaram técnicas de ressuscitação sem sucesso. O secretário municipal de Saúde, Vítor Lippi, considerou desnecessário suspender a vacinação. O lote usado para imunizar a criança também foi distribuído em outras cidades. Segundo Lippi, não houve outro registro de mortes ou problemas decorrentes da vacina. Uma das possibilidades seria o choque anafilático, mas isso nunca ocorreu antes. Outras possíveis causas que não se relacionam com o medicamento, como a síndrome da morte súbita do recém-nascido ou um possível engasgamento com leite também estão sendo investigadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.