BC detecta 512 tentativas de falsificar nota de R$ 10

O Banco Central (BC) já conseguiu detectar 512 tentativas de falsificar a nota de R$ 10 feita em material plástico (polímero). "É importante ressaltar que, em nenhum deste casos, houve uma nota falsificada em plástico. Todas as falsificações foram feitas em papel", disse o chefe do Dapartamento de Meio Circulante (Mecir) do BC, José dos Santos Barbosa ao rasgar uma nota falsa. "Uma nota de plástico não é rasgada assim (com as mãos). Essa rasga porque é de papel", explicou. Das 512 notas falsas, ele informou que 100 foram apreendidas em Curitiba no final do ano passado. Barbosa também destacou que o número de notas falsificadas é muito pequeno diante das 105 milhões de cédulas de plástico em circulação. Apesar destas ocorrências, o chefe do Mecir disse que o BC ainda não tomou nenhuma decisão sobre a necessidade de mudar o sistema de segurança das notas de R$ 10 feitas em material plástico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.