Ed Ferreira/AE - 07/02/2012
Ed Ferreira/AE - 07/02/2012

Battisti volta a Brasília pela primeira vez e visita Congresso

Ex-ativista italiano foi recebido por parlamentares e disse que pretende ser um 'cidadão comum'

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br

07 de fevereiro de 2012 | 16h46

O ex-ativista italiano Césare Battisti, que desfruta no Brasil da condição de asilado político, desfilou nesta terça-feira, 7, pelos corredores da Câmara e do Senado para agradecer o apoio recebido de parlamentares durante os anos em que esteve preso e com sua situação sub judice no Supremo Tribunal Federal. Escritor, ele prepara o lançamento de seu 18º livro e procurou a todo tempo enfatizar seu desejo de viver como "cidadão comum". É a primeira vez que ele retorna a Brasília desde que deixou o presídio da Papuda em junho de 2011.

 

Battisti começou o périplo pela comissão de Direitos Humanos da Câmara. Em conversa descontraída com os deputados Domingos Dutra (PT-MA), Erika Kokay (PT-DF) e Chico Alencar (PSOL-RJ) contou estar morando no Rio de Janeiro e falou sobre seus planos para brincar o carnaval. Depois, o ex-ativista esteve no Senado onde foi recebido por Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). Tentou encontrar-se ainda com Eduardo Suplicy (PT-SP) e Inácio Arruda (PC do B-CE), mas não obteve sucesso.

 

O ex-senador José Nery (PSOL-PA) acompanhou o italiano durante seu passeio pelo Congresso. Diz ter ouvido diversas vezes de Battisti o desejo de manter distância da política. O italiano falou ainda sobre uma oferta de emprego recebida no Rio de Janeiro, onde reside atualmente. "Ele é escritor, está morando no Rio de Janeiro e disse ter um convite para trabalhar em uma livraria. Ficou evidente que ele tem consciência que precisa buscar meios de sobrevivência".

 

Nery disse estar no semblante de Battisti a principal mudança em relação aos tempos do cárcere. "Quando nós o visitávamos na cadeia percebíamos o stress, o mal estar que aquela condição causava, agora ele está melhor, com saúde, com tranquilidade."

Tudo o que sabemos sobre:
BattistiCongresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.