Bastos defende controle externo do Ministério Público

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, defendeu o controle externo do Ministério Público. Ele comentava o caso da fita gravada que mostra um subprocurador pressionando o empresário de jogos de azar Carlinhos Cachoeira a entregar uma fita original em que aparece o ex-assessor da Presidência da República Waldomiro Diniz pedindo propina. "O controle é uma velha aspiração nossa, não só como advogado, mas também como ministro", disse. "Eu sou a favor disso que vocês chamam de Lei da Mordaça". Segundo Bastos, essa questão do controle externo é uma questão que ninguém decide de uma hora para outra, mas o fato envolvendo o subprocurador-geral da República José Roberto Santoro e o procurador regional Marcelo Serra Azul (pressionando Carlinhos Cachoeira) veio justamente no momento em que o Senado está discutindo a Reforma do Judiciário. Apesar de defender o controle externo do MP, o ministro não defende uma mudança profunda. "Eu não creio que um desvio eventual tenha desvirtuado o papel do Ministério Público", disse Bastos, também defensor do controle externo do Poder Judiciário. "Mas é preciso ajustá-lo, e o controle externo é uma velha aspiração nossa". Ele esteve na liderança do Governo no Senado, onde foi discutir o Estatuto do Desarmamento. Para acompanhar o caso da fita em que o subprocurador Santoro conversa com o bicheiro Cachoeira:TV mostra fita em que subprocurador conversa com bicheiro sobre Waldomiro Santoro usou jornalista para pressionar Cachoeira a entregar a fita MP investigará subprocurador que conversou com bicheiro Para o governo, houve uma conspiraçãoHouve conspiração contra o governo, diz ministro da Justiça Lula diz que conversa do subprocurador é "fato muito grave" Ministro da Justiça defende controle externo do Ministério Público Atitude do subprocurador é inaceitável, diz Rebelo Santoro usou criminoso para justificar ataque político, diz Genoino Agiram na calada da noite e devem ser punidos, diz Mercadante CPI é luta política, diz o Professor Luizinho Líder do PT usa fala de Sarney para ligar Serra a subprocurador Santoro Líder do PT defende Ministério Público e ataca SantoroPara a oposição, mais um motivo para criar a CPIPSDB usa fita do subprocurador como argumento a mais para criar a CPI do caso Waldomiro Para deputados tucanos, atitude do subprocurador é normal Ministério Público segue cartilha do PT para investigar Santoro, diz Geddel Líder do PSDB diz desconfiar de que Dirceu sabia da nova fita Senador tucano quer saber se Dirceu teve acesso antecipado à fita PFL nega que oposição queira desestabilizar o governo Em nota, Serra nega ligação com subprocurador Santoro

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.