Bastidores: Substituto de Moraes será da cota pessoal de Temer

Aliado do Planalto afirma que presidente não tem pressa em nomear próximo titular da Justiça

Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

07 de fevereiro de 2017 | 11h35

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer não escolherá o substituto de Alexandre de Moraes para o Ministério da Justiça no "afogadilho" e deve nomear alguém de sua cota pessoal para o cargo, afirmou um parlamentar do PMDB, bastante próximo de Temer.

"O presidente vai escolher alguém ligado a ele. Com absoluta certeza, não vai ser fruto de negociação política", afirmou esse peemedebista sob condição de anonimato. Segundo o parlamentar, Temer deixará um "interino" no comando da pasta até decidir "com calma" o substituto de Moraes.

Entre cotados para a pasta, estão o advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, amigo pessoal de Temer, e o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ayres Brito. Os dois nomes chegaram a ser cotados quando Temer assumiu a Presidência.

Alexandre de Moraes deve deixar o Ministério da Justiça nos próximos dias. Ele foi indicado nesta segunda-feira para o Supremo na vaga do ex-ministro Teori Zavascki, morto em acidente aéreo em 19 de janeiro deste ano, no litoral do Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.