DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

Base governista troca titulares na comissão

Diante da perspectiva de derrota na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a base governista prepara uma série de mudanças na composição do colegiado na próxima semana

DANIENE CARDOSO, ISADORA PERON e TÂNIA MONTEIRO, O Estado de S.Paulo

08 de julho de 2017 | 05h00

BRASÍLIA - Diante da perspectiva de derrota na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a base governista prepara uma série de mudanças, na próxima semana, na composição do colegiado, que vai analisar o pedido de admissiblidade da denúncia contra o presidente Michel Temer. O vice-líder da bancada do PMDB e membro da “tropa de choque” de Temer, Carlos Marun (MS), será alçado ao posto de titular no lugar de José Fogaça (PMDB-RS). 

O PTB também pretende tirar Arnaldo Faria de Sá (SP), opositor do governo, da titularidade. Ele vai para suplência no lugar de Giovani Cherini (PR-RS) e para a vaga de titular do PTB vai Nelson Marquezelli (PTB-SP). Na bancada do PSD, Evandro Roman (PSD-PR) substituirá Expedito Netto (PSD-RO) como titular – ao placar da denúncia, do Estado, Netto se declarou favorável à denúncia.

Só o Solidariedade já fez quatro trocas nos últimos dias. A final, a titularidade da vaga ficou com Laércio Oliveira (SE), reconhecido governista. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.