Base deve aprovar João Pedro e Jucá para comando da CPI

Bloco governista não deverá apoiar eventual candidatura do senador Fernando Collor à presidência da comissão

Eugênia Lopes, de O Estado de S.Paulo,

14 de julho de 2009 | 13h47

Dois senadores da base governista disseram nesta terça-feira, 14,  que os aliados deverão mesmo apoiar a indicação do senador João Pedro (PT-AM) para a presidência da CPI da Petrobrás e do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDN-RR) para a relatoria. Segundo as mesmas fontes, que integram a comissão, o bloco governista não deverá apoiar uma eventual candidatura do senador Fernando Collor (PTB-AL)à presidência da comissão.

 

Veja Também:

  especial ESPECIAL: O que será apurado na CPI e a cronologia do caso 

 

O PT e o PMDB, que são os dois maiores partidos da base deverão conseguir, portanto, emplacar os dois nomes para o comando da CPI. O acerto já está fechado e não há necessidade de uma reunião das lideranças para discutir o assunto, antes da reunião da CPI, marcada para as 15 horas.

Tudo o que sabemos sobre:
Romero JucáCPI da Petrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.