Base aliada faz prévia para definir nome para o TCU

Os deputados dos partidos da base aliada iniciaram uma votação na tarde desta terça-feira prévia, para a escolha do candidato à vaga de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). A prévia é uma tentativa da base de ter um candidato único para disputar na quarta, no plenário, a vaga de ministro do TCU. Os governistas temem que com candidatos de diferentes partidos o deputado Aroldo Cedraz (PFL-BA) acabe vencendo a disputa. A votação prévia começou por volta das 14h45, no gabinete do líder do PL na Câmara, Luciano Castro (RR). Disputam a prévia os candidatos Osmar Serraglio (PMDB-PR), Luiz Antonio Fleury (PPB-SP) e Paulo Delgado (PT-MG). Também foram incluídos na lista o ex-deputado e candidato derrotado à Câmara, José Antonio Almeida (PSB-MA) e o secretário-geral da Mesa, Mozart Viana de Paiva. Apesar de não ser deputado, o nome de Mozart foi incluído na prévia porque a indicação de seu nome foi feita formalmente pelo PSC, partido que compõe a base. Na prévia poderão votar 337 deputados , que representam a soma das bancadas dos nove partidos aliados ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.