Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Barbosa julgará Dirceu próximo ao 1º turno das eleições

Relator diz que votará nesta parte após decisão da Corte sobre parlamentares de outros partidos

Eduardo Bresciani, de O Estado de S. Paulo

19 de setembro de 2012 | 18h29

O relator do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, disse aos colegas que, após um acordo com o revisor, ministro Ricardo Lewandowski, vai deixar para depois a análise da acusação de corrupção ativa contra o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro Delúbio Soares. Barbosa disse que só votará nesta parte após a Corte decidir a situação dos parlamentares dos outros partidos, acusados de vender os votos no Congresso.

A mudança fará com que somente no final da próxima semana a conduta de Dirceu seja analisada. Com isso, a tendência é que a primeira decisão sobre a condenação ou não do principal líder petista acusado no processo aconteça na primeira semana de outubro, às vésperas do primeiro turno da eleição municipal.

O ministro Marco Aurélio Mello saudou a decisão de Barbosa e Lewandowski. Os ministros argumentam que essa fase envolve muitos réus e por isso o novo fatiamento facilitaria o prosseguimento do julgamento.

Tudo o que sabemos sobre:
mensalaojulgamentoDirceu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.