Barbalho diz que PMDB continua no governo

O presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), afirmou nesta quarta-feira, no Palácio do Planalto, que o PMDB continuará integrando a base de apoio do governo Fernando Henrique Cardoso.Barbalho deu rápida entrevista após participar da cerimônia de posse do peemedebista Ramez Tebet (MS) no cargo de ministro da Integração Nacional.A posse, segundo Barbalho, é um exemplo da continuidade da participação do PMDB na base aliada. "O PMDB continuará ajudando o governo", afirmou.Barbalho lembrou, entretanto, que questões como o lançamento de uma candidatura própria do PMDB para as eleições presidenciais de 2002 só serão decididas na Convenção Nacional do partido, em setembro."Discussões relacionadas ao futuro só serão tratadas na Convenção Nacional", frisou. Na opinião do senador, existe a possibilidade de o PMDB propor uma candidatura própria sem que isso represente um rompimento com o governo."Acho possível uma candidatura própria sem ruptura, mas essa questão só será discutida na Convenção Nacional, onde será natural a sugestão de nomes para a escolha de um candidato para as eleições", disse o presidente do Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.