Bando invade fazenda e rouba bois no Mato Grosso do Sul

Armados de revólveres e espingardas, um grupo de 100 homens que, segundo a polícia, seriam integrantes do MST, invadiu no último sábado a fazenda Nova Espadilha, no extremo sul de Mato Grosso do Sul, e dominou seis empregados. Segundo a coordenadoria estadual do MST em Campo Grande, a ação não foi organizada pelo movimento. O fato só foi comunicado hoje pela Polícia Militar, pois os policiais temiam prejuízos nas investigações. Hoje, o bando obrigou os empregados a matar oito bois, que teriam sido levados para o acampamento dos sem-terra que fica a dois quilômetros da sede da fazenda, dentro da propriedade rural. No acampamento, os sem-terra dizem que estão passando fome.O delegado de Itaquiraí, Joel Vicente dos Santos, informou que está tentando identificar os líderes da ação para pedir a prisão preventiva dos acusados por roubo e furto de gado, seqüestro e cárcere privado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.