Bandidos matam passageiro de lotação

O locutor Antonio Marcos Ribeiro Macedo, 25 anos, foi morto ontem à noite, com um tiro na cabeça, durante um assalto em um lotação na Rodovia Anhanguera.A lotação, clandestina, fazia o trajeto entre Campinas e São Paulo, quando dois assaltantes, se fazendo de bêbados, entraram no carro e iniciaram o assalto.Ao passar pelo mesmo ponto onde o assalto começou, o motorista foi obrigado pelos bandidos a parar após sinal dado por Macedo, para não gerar desconfiança.Um dos assaltantes exigiu a jaqueta que estava no corpo de Macedo, mas o locutor reagiu e brigou com o ladrão, que disparou um tiro na cabeça do locutor. A dupla, que já havia roubado dinheiro e objetos das vítimas, desceu da van e mandou o motorista voltar para a capital, ameaçando caçar um a um da perua caso o motorista parasse para pedir ajuda.Ao chegarem em São Paulo, motorista, cobrador e os passageiros pararam em um posto policial do Comando de Policiamento de Trânsito, junto à Ponte do Piqueri, na marginal Tietê, mas Macedo já estava morto.No 7.º Distrito Policial, da Lapa, onde o latrocínio foi registrado, o motorista da van disse aos jornalistas que abandonará o lotação, depois de quatro anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.