Band e Record definem seus debates pré-eleitorais

As redes de TV já estão se mexendo para agendar debates com os candidatos à prefeitura de São Paulo. Depois da Globo, que realizou debate sem a presença dos três principais candidatos - José Serra (PSDB), Marta Suplicy (PT) e Paulo Maluf (PP) - Record e Band correm contra o tempo para marcar um debate com todos os candidatos já no próximo mês. Ao que tudo indica, a Band deve sair na frente. A emissora já conseguiu a confirmação dos principais concorrentes na corrida pela Prefeitura para o debate agendado para o dia 5 de agosto, às 22 horas. Na próxima segunda-feira, a direção de jornalismo da rede vai se reunir com representantes dos candidatos para acertar os últimos detalhes de produção e as regras do programa. A emissora também pretende realizar um debate num eventual segundo turno das eleições. Ambos serão mediados por Carlos Nascimento, que já comandou anteontem debate entre os candidatos à prefeitura do Rio de Janeiro. A Record também está no páreo. Na próxima semana, às 14 horas, assessores dos candidatos se reunirão na emissora para discutir o formato e as regras dos três debates que a rede pretende fazer. Serão dois no primeiro turno e um no segundo, todos mediados pelo âncora Boris Casoy. Uma das dúvidas da produção é se haverá ou não a presença de platéia na transmissão. Os debates serão exibidos ao vivo, às 22 horas, e terão em média duas horas de duração. A direção ficará por conta do editor do Jornal da Record, Dácio Nitrini. A RedeTV! não pretende ficar de fora desse clima de eleições, mas não quer fazer debates. A emissora planeja levar ao ar mini-especiais com entrevistas individuais com cada candidato. Já a Globo, que realizou no dia 1.º um debate morno, ainda não tem data marcada para um próximo confronto. Mas é certo que a emissora tentará realizar um novo encontro e que a mediação continuará, em São Paulo, nas mãos de Chico Pinheiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.