Banco Mundial dá US$ 100 milhões para combate à aids

O diretor do programa nacional da aids, Alexandre Grangeiro, anunciou que o Banco Mundial aprovou um crédito de US$ 100 milhões para o programa brasileiro de combate à doença. Segundo Grangeiro, o governo federal destinará outros US$ 100 milhões para o programa.Este é o terceiro crédito do Banco Mundial para o combate à aids no Brasil, após empréstimos de US$ 160 milhões em 1994 e de US$ 165 milhões em 1998.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.