Bancários ateiam fogo em bandeira dos EUA

Em manifestação na frente de uma sede do banco Santander Meridional, o Sindicato dos Bancários dePorto Alegre ateou fogo nas bandeiras dos Estados Unidos e da Espanha, e em umboneco de espuma que representava o presidente Fernando Henrique Cardoso, comfaixa presidencial, em protesto à política de especulação do capitalestrangeiro. Aos gritos de "Fora já, fora aqui, FHC e o FMI", cerca de 50bancários e alguns populares participaram do protesto, na esquina das ruas Setede Setembro e General Câmara, no centro da capital gaúcha."Aproveitamos para chamar a atenção, durante o fórum, para o processo excludentedo desmanche do sistema financeiro nacional, do qual os bancários são vítimas",disse Ademir Wiederkehr, diretor da Associação dos Funcionários do Banespa e doSindicato dos Bancários, filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT).Wiederkehr não descarta a possibilidade de fazer greve, mas antes quer envolvera sociedade e os deputados na discussão. Ele reclamou que, desde que o Santandercomprou o Meridional, há um ano, já foram demitidos 500 funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.