Agência Senado
Agência Senado

Bancada do PT no Senado pede que partido suspenda Delcídio

Em nota, os senadores pedem que a Executiva represente, na Comissão de Ética do partido, pela abertura de processo disciplinar contra o parlamentar

Ricardo Brito, O Estado de S. Paulo

04 de dezembro de 2015 | 11h36

Brasília - A bancada petista do Senado recomendou à Executivo Nacional do PT que suspenda provisoriamente o senador do partido Delcídio Amaral (MS), preso na semana passada por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Em nota, os senadores pedem que a Executiva represente, na Comissão de Ética do partido, pela abertura de processo disciplinar contra Delcídio, "com vista a que sejam apuradas as acusações que lhe são imputadas".

"A bancada do PT no Senado esclarece, ainda, que a decisão em tela visa à investigação rigorosa, nas instâncias partidárias, dos fatos que envolveram a prisão do senador Delcídio do Amaral, adentrando ao mérito da questão", informa a manifestação.

A Executiva Nacional se reúne nesta sexta-feira, 4, em São Paulo para decidir o futuro do petista.

Na nota, a bancada lembra ter se posicionado, na votação do Senado realizada na quarta-feira, 25, contra a prisão de Delcídio ao questionar os princípios da constitucionalidade e da separação e independência de Poderes. Mas destaca que a tese foi vencida em votação pela maioria da Casa. 

Tudo o que sabemos sobre:
Operação Lava JatoDelcidio AmaralPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.