André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

Bancada do PSOL na Câmara pedirá convocação de ministro da Transparência de Temer

Partido quer convocar Torquato Jardim para que ele esclareça declarações de que partidos políticos são 'balcão de negócios'

Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2016 | 14h42

BRASÍLIA - A bancada do PSOL na Câmara dos Deputados anunciou que apresentará nesta terça-feira, 7, requerimento pedindo a convocação do ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Torquato Jardim. O partido quer convocar o ministro para esclarecer as declarações em que critica partidos políticos.

Como mostrou o Estado na última sexta-feira, 3, em entrevista em Teresina (PI) em maio Jardim afirmou que partido “partido político hoje é uma central de negócios” e disse que o chamado "centrão" na Câmara foi formado “em nome da corrupção e da safadeza”. O centrão é formado por 225 deputados de 13 partidos e liderado por PSD, PR, PP e PTB.

Segundo a assessoria de imprensa do PSOL, o líder do partido na Câmara, Ivan Valente (SP) vai pedir a outros líderes partidários da Câmara que apoiem a aprovação da convocação do ministro. Líderes do centrão já sinalizaram que poderão apoiar o pedido. A reunião está prevista para a tarde desta terça.

Na avaliação da bancada PSOL, insinuar que a governabilidade é feita em vista da corrupção e da safadeza e colocar todos os partidos políticos na pecha de corruptos é "irresponsável" e deve ser explicado. Para Ivan Valente, as declarações de Torquato são "descabidas".

“Queremos retratação imediata. A interpelação é para que o ministro nomeado por Temer esclareça por que incluiu o PSOL na vala comum das generalizações dos partidos políticos. Nós somos um partido programático, ideológico, que não tem cargos no governo, não negocia votações, e não aceita essa pecha”, afirmou Valente.

Líderes do "centrão" já tinham reagido com indignação na última sexta-feira às declarações do novo ministro da Transparência. Líderes do PTB, PSD e PP na Câmara cobraram explicações de Torquato Jardim pelas declarações. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.