Balneários próximos a Furnas perdem sócios

Ao redor dos 1.440 quilômetros quadrados do Lago de Furnas há inúmeros empreendimentos turísticos em desenvolvimento ? todos prejudicados pela seca. Os principais são os balneários Escarpas do Lago, em Capitólio, e Furnastur, em Formiga. Escarpas do Lago possui 840 casas, quase todas de proprietários de Belo Horizonte e São Paulo. Furnastur possui 200 casas, a maioria de moradores de Belo Horizonte.Com terrenos íngremes, Escarpas não é tão prejudicado como acontece em Furnastur, onde as terras são mais planas. Ali, o Furnas Náutico Clube perdeu 70% de seus freqüentadores nos últimos dois anos. Dos 2.800 sócios, apenas 600 mantêm suas mensalidades em dia. Da área de camping com capacidade para 400 barracas, é possível contemplar um píer localizado no meio do mato, a centenas de metros da água.Situação semelhante é a do Clube Residencial Náutico Formiguense, também localizado no balneário Furnastur. De acordo com o gerente Hasenclever Rodrigues Faria, a maior queda na freqüência se registrou no restaurante, com instalações para 400 pessoas. Como a água baixou 40 metros, as embarcações que antes aportavam no clube em grande número, vindas de vários pontos do Lago, desapareceram. Da mureta do bar, de onde já foi possível saltar na água, só se vê um enorme descampado, cercado de condomínios. Em cada casa, uma rampa para barcos termina no meio do mato.Longe dali, a Pousada do Rio Turvo, escondida ao fim de uma estrada sinuosa no alto de um morro, no município de Capitólio, também perdeu mais de 70% de seus freqüentadores porque o braço de rio que trazia os visitantes desapareceu. Um pequeno tanque foi construído para substituir a piscina natural. ?Já houve época em que recebíamos 20 lanchas por dia, no ancoradouro da pousada?, lembra o gerente Antônio Adair Louzada. ?Agora, nem chegam perto", diz ele.Leia também:O terceiro sacrifício de Guapé, a cidade afogadaLago de Furnas recebe dejetos de 34 cidadesReservatório fornece água para oito hidrelétricas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.