Baleia morre após encalhar em rio no Pará

Uma baleia de 12 toneladas que haviaencalhado no rio Tapajós, no Pará, após ter nadado sem rumo porvários quilômetros, morreu, informou uma bióloga do governo. O animal da espécie minke, de 5,5 metros, foi vista pelaprimeira vez na semana passada no rio Tapajós, um afluente doAmazonas. Ela nadou 1.600 quilômetros a partir do oceanoAtlântico, ficou encalhada em bancos de areia várias vezes echegou a ser libertada por biólogos e voluntários. Ambientalistas e voluntários esperavam levar a baleia devolta ao mar de navio, mas moradores da região perceberam naterça-feira que ela estava machucada e avisaram às autoridades. A baleia foi encontrada morta a duas horas de barco dacidade de Santarém na terça-feira, disse à Reuters por telefonea bióloga Fabia Luna, que trabalha para uma agência ambientaldo governo. "Não saberemos com certeza o que causou a morte até que agente receba de volta os resultados do laboratório", afirmou abióloga, que ajudou a realizar a autópsia da baleia. Especialistas disseram que o animal provavelmente perdeu arota entre os muitos rios afluentes do Amazonas. (Por Raymond Colitt)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.