Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Balanço de 1 ano de governo será feito por Temer em conjunto com ministros

Presidente pretende realizar divulgação de medidas no Palácio do Planalto com todos os titulares nesta sexta-feira

Erich Decat, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2017 | 18h17

BRASÍLIA - Após reunião realizada nesta segunda-feira, 8, entre alguns dos principais auxiliares do presidente Michel Temer, ficou definido que o balanço de um ano de governo será realizado não somente pelo peemedebista, mas também por todos os ministros que integram a equipe da Esplanda.

Inicialmente, integrantes do governo chegaram a avaliar a possibilidade de ser realizado apenas um pronunciamento de Temer em cadeia nacional de rádio e TV. Nele, o presidente elencaria todas as conquistas alcançadas desde a aprovação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Segundo auxiliares palacianos, essa possibilidade não está totalmente descartada, mas a ideia central agora será a de realizar uma reunião no Palácio do Planalto em que cada um dos ministros apresente um balanço da respectiva pasta.

O encontro foi pré-agendado para a próxima sexta-feira, 12, quando se completa um ano da abertura do processo no Senado e o afastamento de Dilma. A reunião está prevista para iniciar por volta das 10h e será transmitida pelo canal de TV oficial do governo.

A fala inicial está prevista para ser feita por Temer, que deverá ressaltar iniciativas populares na área econômica, entre elas, a criação do cartão reforma, que é direcionado às famílias de baixa renda, que recebem até três salários-mínimos (R$ 2,8 mil). Outro tema previsto para ser lembrado pelo presidente é a liberação do saque de contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) inativas até dezembro de 2015. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.