Baixada Santista registra 7.035 casos de dengue

Embora a epidemia apresente ligeiro declínio em comparação com os meses de janeiro e fevereiro, neste ano a dengue contaminou 7.035 pessoas na Baixada Santista. De acordo com boletim divulgado pela Direção Regional de Saúde (DIR/19), houve um aumento de 430 casos em relação à semana passada, quando havia 6.605 notificações da doença.Santos continua liderando o ranking de pessoas contaminadas pelo Aedes aegypti, com 2.544 registros; seguida por São Vicente, com 2.144; Guarujá, com 1.001; Praia Grande, com 870 doentes e Cubatão, com 476 casos. Apesar do crescimento do número de casos apresentar ligeira desaceleração, a DIR/19, em ação conjunta com as prefeituras, continua com as campanhas educativas que buscam orientar a população sobre os cuidados para eliminar os criadouros do mosquito transmissor da doença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.