Babá que espancou crianças deve ser libertada

A babá Divina Elaine Leite, flagrada, há cerca de um mês, por microcâmeras, espancando duas crianças em Aparecida de Goiânia, deve ser libertada nesta quinta-feira. Um acordo com o Ministério Público prevê que ela poderá cumprir pena alternativa, prestando serviços comunitários durante oito meses. Divina, de 27 anos, foi presa no dia 2 de agosto, depois de ter sido denunciada por seus patrões por bater em um bebê de seis meses e em uma menina de 2 anos. Os pais das crianças entregaram à polícia fitas que mostravam Divina espancando e maltratando as crianças, gravadas por microcâmeras. Os pais decidiram instalar câmeras de vídeo na casa após notar marcas de arranhões no corpo dos filhos. Decretada a prisão, Divina foi detida no Aeroporto Santa Genoveva, de Goiânia, ao tentar embarcar para São Paulo, onde participaria de um programa de TV. Desde então ela está detida na Casa de Prisão Provisória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.