BA: assessoria nega que Wagner tenha sofrido infarto

A área política baiana foi sacudida na manhã do domingo com notícia que circulava pela internet dando conta de que o governador Jaques Wagner (PT) teria sofrido um infarto. A informação foi logo desmentida pela assessoria do governo do Estado, por meio de nota oficial.

ELIANA LIMA, Agência Estado

04 Julho 2010 | 19h41

Conforme o comunicado, Wagner foi ao Hospital Espanhol, no bairro da Barra, em Salvador, pela manhã, acompanhado da primeira-dama Fátima Mendonça para a realização de exames de rotina, com a confirmação médica de que de está tudo bem com a saúde do governador.

Jaques Wagner permaneceu no hospital até o início da noite e somente foi liberado após a realização de uma arteriografia, que possibilita uma melhor visualização das artérias e consequentemente detecção de possíveis placas de gordura. Como precisava permanecer em repouso após o procedimento, ele foi orientado pelos médicos a permanecer na unidade médica, de onde saiu por volta das 18h30. Jaques Wagner é candidato à reeleição.

Mais conteúdo sobre:
Jacques WagnerBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.