Avião Sêneca cai na Serra do Japi em Jundiaí

Um avião Sêneca, prefixo PT-VOU, para seis passageiros, sediado no Aeroporto de Jundiaí, caiu na Serra do Japi, na Fazenda Cachoeira, na região da estrada de ligação para Itu, em mata fechada. O piloto Carlos Minzon, de 44 anos, morador na cidade de Valinhos, morreu. De acordo com o Aeroporto de Jundiaí, o piloto decolou para Sorocaba, sozinho, às 11h34, e não chegou ao destino, onde deveria fazer manutenção preventiva. Funcionários da fazenda contaram que o local é de difícil acesso. São duas horas a pé. Nesta sexta-feira, uma equipe da PM deverá fazer o resgate do corpo. O proprietário da fazenda não autorizou a entrada da imprensa no local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.