Avião presidencial embarca rumo à base brasileira na Antártida

Lula está acompanhado de uma comitiva de mais de 20 pessoas e fará a segunda visita presidencial à base militar

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

17 de fevereiro de 2008 | 09h10

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) embarcou na manhã deste domingo, 17, rumo à base brasileira na Antártida Comandante Ferraz. Lula partiu de Punta Arenas, no sul do Chile, com destino à base chinela Presidente Eduardo Frei a bordo do avião Hércules C 130, acompanhado da mulher Marisa Letícia, do filho Fábio Luiz e de uma comitiva de 20 pessoas. A previsão é que o avião chegue à base antártica chilena às 11h45. Ali, Lula e a comitiva farão uma troca de aeronave, e embarcarão no helicóptero da Marinha Esquilo, que sobrevoará por cerca de meia hora a base aérea brasileira e, então, pousará no navio Ary Rongel. Depois de visitar a embarcação, o presidente volta ao helicóptero e parte, enfim, para a base brasileira. Ele almoçará e fará uma visita às instalações. A previsão é que Lula permaneça na região da Antártida por seis horas. O cumprimento desse programa depende das condições climáticas. Mas, segundo a Aeronáutica, não há até o momento qualquer sinal de restrição.Por volta das 17 horas, o presidente e a comitiva devem retornar à base chilena e parar para uma visita. E, então, decolarão para a cidade de Punta Arenas, para onde o tempo estimado de vôo é de aproximadamente três horas. Ali, Lula fará de uma troca de aeronave e deverá embarcar de volta para Brasília entre 21 e 22 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.