Avaliação positiva do governo fica em 58%, diz CNI/Ibope

Percentual se manteve estável desde pesquisa de março, quando Lula atingiu seu melhor desempenho

Cida Fontes, de O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2008 | 14h04

A avaliação ótima ou boa do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva se manteve estável no mês de junho, com 58%, segundo pesquisa encomendada pela CNI/Ibope divulgada nesta segunda-feira, 30.  A avaliação registrou o mesmo percentual da última pesquisa, em março, quando Lula atingiu seu melhor desempenho desde a posse no primeiro mandato, em 2003. Em dezembro de 2007, a aprovação foi de 51%.  Veja Também: Aprovação do governo no combate à inflação despencaDesaprovação ao combate à fome sobe, diz CNI/Ibope   Doze por cento dos entrevistados, ouvidos entre 20 e 23 de junho, consideram o governo Lula ruim e péssimo. Em março, esse porcentual foi de 11%. Dos entrevistados, 29% apontaram como regular o governo, um ponto a menos do que em março, quando essa avaliação foi de 30%. A pesquisa foi realizada em 141 municípios do Brasil em entrevistas com 2.002 pessoas.  A aprovação ao presidente recuou de 73% em março para 72% em junho, enquanto a desaprovação subiu de 22% para 24% na mesma comparação. Segundo a CNI, a avaliação do presidente "permanece elevada e está dentro da margem de erro da pesquisa". A nota média do presidente passou de 7,1% para 7%.  A confiança ao presidente Lula permaneceu estável em 68% em junho, enquanto 29% não confiam (porcentual que era de 28% em março).   

Tudo o que sabemos sobre:
CNI/IbopeLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.